Nova York, Hoteis, New York, Nova Iorque, Central Park, Broadway, Times Square

 


Agora, você pode tornar-se fluente na língua inglesa sem precisar sair de casa.


Quem nunca pensou em aprender inglês? A língua inglesa já faz parte do dia a dia de muitos estrangeiros e, mesmo aqui no Brasil, temos contato com o inglês, seja através do cinema, das músicas populares, dos livros, dos jogos e do próprio uso da língua no cenário empresarial. O inglês, sem sombra de dúvidas, está em todo lugar, seja como língua nativa ou como segunda ou até terceira língua. Quem não quer ter a chance de viajar e não precisar de tradutores, ou quer ter um aumento de 30% na renda atual? A língua inglesa já se tornou uma ferramenta importante não só para o lado profissional, mas para ampliar os horizontes do conhecimento universal, já que boa parte do conteúdo televisivo, publicado e comercializado no mundo todo encontra-se em inglês.

Você não precisa ir até Nova York para aprender inglês.

O problema é que nem todo mundo pode viajar para a cidade futurista e começar a aprender inglês com professores nativos ou ver-se rodeado de estudantes que também partilham do mesmo sonho: atingir a fluência. Além dos custos convencionais das passagens, o estudante precisa arcar com os custos da escola, visto, plano de saúde e de todos os gastos adicionais da vida no estrangeiro – roupas, contas, alimentação, etc. Aprender inglês viajando é uma experiência única, mas só é conveniente para quem pode arcar com todos os gastos e viver em um país que tem infraestrutura de sobra.

Aprenda inglês com professores capacitados

A boa notícia é que hoje, com os avanços que a tecnologia nos proporcionou, está nascendo um novo modelo de ensino: o ensino à distância. Não só para os cursos da universidade, mas também para o ensino de idiomas. A Preply, por exemplo, é uma das empresas que apostou na ideia e já ensina centenas de alunos. A plataforma oferece aulas de inglês para São Paulo e demais estados do Brasil, usando o Skype como ferramenta de ensino, através do qual o aluno aprende inglês com quem vive a língua em seu dia a dia e tem pleno domínio do idioma. As aulas são agendadas de acordo com a disponibilidade do aluno. Sendo assim, você poderá ter professores de Nova York em sua casa, aprendendo a língua e absorvendo a cultura norte-americana.

Vale a pena estudar através do ensino à distância?

Com certeza. As escolas de idiomas foram, por muito tempo, a única opção que estudantes brasileiros tinham para aprender a língua inglesa. Elas têm seu mérito e, de fato, ajudam muita gente a alcançar um bom nível de conhecimento da língua inglesa, mas o fato é que a grande maioria das pessoas que optam por essa alternativa acabam frustradas, porque as escolas de idiomas, apesar de serem boas, não transmitem o conteúdo de forma dinâmica e, sim, como se o inglês fosse Geografia ou Química.

Além dos professores não serem nativos, as escolas de idiomas cobram caro e as aulas são divididas em duas ou três horas semanais. Esse tempo de estudo é muito pouco e pode acabar desmotivando o aluno, uma vez que ele só tem contato com a língua algumas vezes por semana e isso deixa seu processo de aprendizado demorado e desgastante. Um outro problema enfrentado por quem decide estudar em escolas de idiomas é o horário, que não é nada flexível e isso exige que o aluno altere sua agenda. Para quem optar pelas aulas via Skype, o aluno não terá nenhum desses problemas, já que as aulas podem ser agendadas a qualquer hora do dia e onde o aluno estiver.

Postar um comentário

 
Top