Nova York, Hoteis, New York, Nova Iorque, Central Park, Broadway, Times Square

 


Veja tudo sobre as regiões e os bairros nova iorquinos


Conheça as regiões e os bairros de Nova York. Para aqueles que não sabem, Nova York é dividida em 5 regiões, e cada uma delas possui diversos bairros. Os cinco "boroughs" (distritos) da cidade são o Brooklyn, Manhattan, o Queens, o Bronx e Staten Island, e dentro deles existem mais de 300 subdivisões. No total, cerca de 8,5 milhões de pessoas vivem nessa área de 1213 km², e mais de 61 milhões de turistas visitam Nova York anualmente. Abaixo nós vamos contar para você mais sobre a história e as principais atrações de cada uma das cinco regiões da cidade, que possui essa divisão desde 1898.

Regiões e bairros de Nova York

E se você está planejando viajar para lá, não deixe de conferir também as dicas imperdíveis de como economizar muito em Nova York e economizar muito dinheiro na sua viagem. São dicas que valem a pena e comparadores de preços incríveis que vão fazer você economizar muito em tudo, conseguindo os melhores preços, economias enormes e uma viagem muito mais barata. Agora veja tudo sobre as regiões e os bairros de Nova York.

Manhattan

O distrito mais famoso de Nova York é, sem dúvida, Manhattan, a ilha entre os rios Hudson, East e Harlem. Essa fama vem por conta da sua atmosfera cultural, as centenas de atrações, as milhares de empresas que têm sedes ali e os enormes arranha-céus. Com uma área de 87 km², essa é a menor, mas mais densa região da cidade. Dentro dela existem mais de 40 bairros, como SoHo, Chinatown, Little Italy, Greenwich Village, Tribeca, Chelsea, Midtown, East Village, Harlem, Hell's Kitchen e o Upper West Side, por exemplo. Além disso, Manhattan é lar de muitos dos principais pontos turísticos de Nova York, afinal, ali estão quase 90% das atrações da cidade. 

Manhattan

Lá você vai encontrar o Central Park, o Empire State Building, a Times Square, o Rockefeller Center, muitos museus excelentes, o Madison Square Garden, a Grand Central Station e por aí vai. Para quem quer fazer compras, nas ruas do distrito existem várias lojas populares entre os brasileiros, como as grandes lojas de departamento, a Victoria's Secret, a Sephora, a Apple, a GAP e etc. Se estiver procurando um lugar para se hospedar em Nova York, Manhattan é uma ótima opção, pois lá, além de ter de tudo o que se precisa durante uma viagem, como entretenimento, restaurantes e transporte, tem também quase 92 mil quartos de hotel.

Manhattan

Brooklyn

Com mais de 2,6 milhões de habitantes, o Brooklyn é o distrito mais populoso de Nova York. Na sua área de 250 km², a região possui mais de 70 bairros, como Williamsburg, Downtown Brooklyn, Coney Island, Marine Park, Brooklyn Heights e Park Slope, por exemplo. O Brooklyn, que hoje é muito conhecido em Nova York por conta da cultura alternativa, de ser um lugar mais residencial e o local de nascimento de várias celebridades, como Michael Jordan, Mike Tyson, Barbara Streisand, Woody Allen e Cindy Lauper, na verdade, já foi considerado uma cidade por si só. Porém, após a construção da Brooklyn Bridge, que tornou a conexão com Manhattan direta em 1883, a região decidiu se tornar parte de Nova York.

Brooklyn

Como dissemos acima, o Brooklyn é uma área mais residencial, mas isso não significa que o distrito não tenha diversas atrações. Por lá você vai encontrar o Prospect Park, o parque de diversões Coney Island, algumas das melhores praias de Nova York, o Barclays Center, o Brooklyn Bridge Park, o Museu do Brooklyn, o Jardim Botânico do Brooklyn, entre outras coisas. Além disso, se você estiver procurando uma loja alternativa, um ótimo restaurante ou uma festa em um lugar diferente, então esse "borough" é um lugar ideal para ir (tudo isso, inclusive, pode ser encontrado no Brooklyn Bowl).

Brooklyn

Queens

Com uma área de 460 km², o Queens é o maior distrito de Nova York. Por conta disso, ele possui mais de 80 bairros dentro dos seus limites, como Downtown Flushing, Forest Hills, Rockaway Park, Long Island City e Corona, por exemplo. E, o interessante é que esses bairros são bem diferentes entre si, indo desde aqueles mais urbanos e com alta densidade habitacional até outros bem tranquilos a beira-mar. Além disso, essa também é uma região com uma grande diversidade étnica, afinal, quase metade das pessoas que vivem ali são imigrantes. Por conta disso, ali há excelentes restaurantes das mais diferentes culinárias internacionais, lojas que vendem coisas do mundo inteiro e festas tradicionais de outras partes do globo, como o famoso ano novo chinês

Queens

No Queens, apesar de ser uma área residencial, é possível encontrar várias atrações interessantes. É ali, por exemplo, que estão o Citi Field, casa do New York Mets, o complexo de tênis Billie Jean King, onde acontece o US Open, um dos principais eventos esportivos da cidade, o Flushing Meadows Corona Park, o Zoológico do Queens, o Jardim Botânico do Queens, o Museu da Imagem em Movimento, o Gantry Plaza State Park, o Museu do Queens e a praia Rockaway. Além disso, no Queens estão dois dos principais aeroportos de Nova York: o LaGuardia e o John F. Kennedy.

Queens

Bronx

Conhecido por ser o berço do rap e do hip hop e a casa do New York Yankees, o Bronx é o único dos distritos de Nova York que faz parte do território continental dos Estados Unidos, ou seja, ele não está em uma ilha. Nos seus 150 km² de área, o Bronx possui mais de 50 bairros, como Port Morris, University Heights, Riverdale e Pelhan Bay, por exemplo, mas a verdade é que praticamente um quarto do seu território é de espaço aberto. Isso porque nessa área da cidade ficam o Jardim Botânico de Nova York, o Van Cortlandt Park, o Zoo do Bronx, que é o maior zoológico metropolitano do mundo, e o Pelhan Bay Park, o maior parque da cidade. 

Bronx

No passado, muitos irlandeses, italianos, alemães, caribenhos e afro-americanos do sul do país se mudaram para o Bronx, com isso, o distrito tem uma grande diversidade étnica, o que é refletido na cultura da região, como a culinária e a música. Até meados dos anos 90, essa área da cidade era muito conhecida por conta da violência das gangues, mas hoje o "borough" é bem mais seguro e desenvolvido. Algumas das atrações que chamam os turistas para o Bronx (além das que citamos acima) são o Yankee Stadium, o Museu de Arte do Bronx, a praia Orchard, o Bronx Documentary Center e a City Island.

Bronx

Staten Island

Dentre os cinco distritos de Nova York, Staten Island é o menos populoso (tem menos de 500 mil habitantes) e conhecido deles, principalmente pelo fato dessa região ser mais suburbana. Nos 265 km² de área de Staten Island existem mais de 50 bairros, como St. George, Tompkinsville, South Beach, Clifton e Stapleton, por exemplo. Apesar de neles não existirem tantas atrações em comparação com o resto da cidade, isso não significa que o distrito deve ficar de fora do seu roteiro de viagem. 

Staten Island

Para começar, a Staten Island Ferry é uma balsa grátis que sai de Manhattan e vai até Staten Island, proporcionando lindas vistas do skyline da cidade e da Estátua da Liberdade. Além disso, na ilha há um longo e bonito calçadão, ótimas praias, o Parque Forte Wadsworth, a Cidade Histórica de Richmond, o Centro Cultural Snug Harbor e a Roda-Gigante de Nova York.

Staten Island

Dicas para aproveitar melhor sua viagem à Nova York

Agora que você já viu tudo sobre as regiões e os bairros de Nova York, uma dica legal e que faz a diferença na viagem à Nova York é escolher bem a localização do seu hotel e se hospedar perto do centro turístico em Manhattan. Lá está a maior parte das atrações e pontos turísticos e ficando bem localizado você vai aproveitar muito mais e gastar muito menos tempo e dinheiro se deslocando até os lugares. Se quiser, veja nossa matéria de onde ficar em Nova York, que lá tem as dicas das melhores regiões para se hospedar em Manhattan e também de como conseguir um ótimo hotel por um preço excelente (e achar hotéis excelentes em promoção nessas regiões que são super disputadas).

Onde Ficar em Nova York - Manhattan Times Square

Dica importante do celular em Nova York

Outra dica importante é que poder usar seu celular à vontade em Nova Iorque é essencial, pois ele acaba sendo muito útil e vale muito a pena. Você pode usar os aplicativos de cupons de desconto, pode usar o GPS para chegar nos lugares, pesquisar os endereços e horários dos lugares e shows, ver a previsão do tempo para se planejar para os passeios e lógico ficar conectado com todo mundo através de aplicativos e postar suas fotos da viagem nas redes sociais. E a grande maioria dos pontos turísticos em Nova Iorque possuem aplicativos incríveis dos lugares com todas as informações, dicas e mapas que os turistas precisam. O do Central Park e do Metrô são incríveis. Se quiser veja aqui como usar o seu celular em Nova York, com dicas de como usar seu celular lá à vontade e pagando super barato. E você vai poder pesquisar tudo sobre as regiões e os bairros de Nova York quando estiver lá.

Usar o celular em Nova York

Ingressos mais baratos para TUDO em Nova York!

Nós descobrimos um site ótimo na nossa última viagem que vende ingressos para todos os shows, atrações e pontos turísticos de Nova York. Muitos brasileiros ainda não conhecem, mas é o site oficial da cidade e o maior vendedor de ingressos do mundo. Por ser o site oficial, eles possuem os ingressos para TUDO o que você pode imaginar e os preços são muito mais baratos. Você encontra ingressos dos shows da Broadway por 50 dólares. Nós compramos os ingressos de alguns lugares turísticos lá, mas o que valeu mais a pena mesmo foram os ingressos dos shows da Broadway, pois pagamos bem mais barato. O site é americano, mas a maioria dos navegadores traduzem o site para português se precisar. Clique aqui em Site Oficial de Nova York e confira a quantidade absurda de shows e atrações que eles possuem e como os preços são realmente incríveis.

Broadway em Nova York


Economize muito com o New York City Pass

Outra forma de economizar bem em Nova York é usar o New York City Pass. Comprando ele, você pode ir em seis das principais atrações de Nova York e economiza 42% do valor que iria gastar comprando cada uma separadamente. O ingresso custa 122 dólares e dá direito a visita ao topo do Empire State, ao Museu de História Natural, Museu Metropolitan, subida ao observatório do Top of the Rock ou entrada no Museu Guggenheim, visita a Estátua da Liberdade e entrada no Memorial e Museu do 11 de Setembro. São passeios que você com certeza iria fazer de qualquer jeito e além de economizar 42% você não perde tempo nas filas das bilheterias de cada atração. Nós sempre compramos aqui no site oficial deles New York CityPass, pois além de ser o local mais confiável, é o mais barato mesmo. O site está em inglês, mas em cima no canto direito dá para você mudar para o português e ele explica direitinho como funciona o ingresso, fala de cada atração e é super fácil de comprar. 


Veja outras matérias imperdíveis de Nova York:

Shows da Broadway em Nova York: Dicas dos melhores musicais do mundo.
Compras em Nova York: Tudo sobre os melhores lugares para fazer compras.
O que fazer em Nova York: Dicas dos principais passeios e lugares para conhecer.
Seguro Viagem para Nova York: Dicas para fazer um ótimo seguro por um preço incrível.

Postar um comentário

 
Top